Kits Visuais

KITREFILTIPORANGERESULTADOMÉTODO
K-9510R-9510CHEMets0-1 & 1-10 ppmComparação VisualAzul de Metileno
K-9510AR-9510AVacuettes0-60 & 60-600 ppmComparação VisualAzul de Metileno
K-9510BR-9510BVacuettes0-120 & 120-1200 ppmComparação VisualAzul de Metileno
K-9510DR-9510DVacuettes0-30 & 30-300 ppmComparação VisualAzul de Metileno

Kits Fotométricos

KITTIPORANGERESULTADOMÉTODO
K-9503Vacu-vialsV-2000: 0.20-3.00 ppm / Spec: 0.10-1.00 ppmFotométricaAzul de Metileno
K-9523Vacu-vials0.60-6.00 ppmFotométricaAzul de Metileno

Sulfeto

Método do Azul de Metileno
Referências: USEPA Methods for Chemical Analysis of Water and Wastes, Method 376.2 (1983). APHA Standard Methods, 21st ed., Method 4500 S-2 D (2005).

Os kits determinam sulfetos totais solúveis (incluindo o sulfeto de hidrogênio) e empregam a química do azul de metileno. Em solução acidificada, e na presença de cloreto férrico, o sulfeto reage com N,N-dimetil-p-fenilenediamina para produzir azul de metileno. A coloração azul resultante tem intensidade de cor em proporção direta com a concentração de sulfetos na amostra. Resultados são expressos em ppm(mg/l) S.

 

Sulfetos estão naturalmente presentes em águas subterrâneas como resultado do arraste de depósitos minerais contendo enxofre. Águas superficiais usualmente não contêm altos teores de sulfeto. Sulfetos resultam da decomposição de matéria orgânica, da redução de sulfatos por atividade bacteriana sob condições anaeróbicas e de vários processos químicos.