Kits Visuais

KITREFILTIPORANGERESULTADOMÉTODO
K-9011R-9011CHEMets0-0.20 ppmComparação VisualHeteropoly Blue
K-9010R-9010CHEMets0-1 & 1-10 ppmComparação VisualHeteropoly Blue

Kits Fotométricos

KITTIPORANGERESULTADOMÉTODO
K-9003Vacu-vialsV-2000: 0.50-10.00 ppm / Espec: 0.25-4.00 ppmFotométricoHeteropoly Blue

Sílica

Método Heteropoly Blue
Referências: APHA Standard Methods, 21st ed., Method 4500-SiO2 D (2005). ASTM D 859-05, Silica in Water. USEPA Methods for Chemical Analysis of Water and Wastes, Method 370.1 (1983).

O método empregado nos kits CHEMetrics determina a “sílica reativa ao molibdato” através da química do azul heteropoli. A Sílica reage com molibdato de amônia em meio acidificado (pH=1,2) para produzir ácido molibdosilícico, o qual, por sua vez, é reduzido pelo ácido aminonaftolsulfônico para formar uma tintura azul. A intensidade da cor azul resultante relaciona-se com a concentração de sílica na amostra inicial. A interferência de fosfatos (até 50 ppm) é mascarada pela adição de ácido cítrico (solução acessória A-9000). Resultados são expressos em ppm (mg/l) SiO2.

 

Sílica (SiO2) é o óxido de Silício (Si), o segundo elemento mais abundante da crosta terrestre. A Sílica está presente como silicatos na maioria das águas naturais. Concentrações típicas variam entre 1 e 30 mg/l. Concentrações mais elevadas podem ocorrer em águas salobras e salmouras. O teor de Sílica na água deve ser determinado antes de seu uso em várias aplicações industriais. A sílica pode formar um perigoso depósito em equipamentos e superfícies de transferência de calor, particularmente lâminas de turbina a vapor.