Monitoramento de Efluentes

Decreto Estadual 8468/76 aprovou o regulamento da Lei 997/76  que dispõe sobre a prevenção e controle da poluição do meio ambiente. Em sua Seção II são definidos os padrões de emissão dos efluentes líquidos.

A emissão de efluentes líquidos representa uma importante fonte de contaminação dos corpos aquáticos. Por essa razão o monitoramento tornou-se necessário e vem sendo cada vez mais controlado pelos Órgãos Ambientais. O primeiro passo para o monitoramento é a análise do efluente.  Os parâmetros mais solicitados são os regidos pelos Artigos 18 e 19A. Abaixo apresentaremos os parâmetros por artigo:

 Documento sem título

 ARTIGO 18 – DECRETO 8468/76

 PARÂMETROS

 UNIDADE

 VMP (1)

 pH

 -

 5,0 a 9,0

 Temperatura

 °C

 40

 Materiais Sedimentáveis

 ml/L

 1,0

 Substância Solúvel em Hexana

 mg/L

 100

 DBO

 mg/L

 60

 Arsênio

 mg/L

 0,2

 Bário

 mg/L

 5,0

 Boro

 mg/L

 5,0

 Cádmio

 mg/L

 0,2

 Chumbo

 mg/L

 0,5

 Cianeto

 mg/L

 0,2

 Cobre

 mg/L

 1,0

 Cromo Hexavalente

 mg/L

 0,1

 Cromo Total

 mg/L

 5,0

 Estanho

 mg/L

 4,0

 Fenol

 mg/L

 0,5

 Ferro Solúvel

 mg/L

 15,0

 Fluoretos

 mg/L

 10,0

 Manganês Solúvel

 mg/L

 1,0

 Mercúrio

 mg/L

 0,01

 Níquel

 mg/L

 2,0

 Prata

 mg/L

 0,02

 Selênio

 mg/L

 0,02

 Zinco

 mg/L

 5,0

Notas:

(1) Valor máximo permitido.

Obs.: A soma: arsênio, cádmio, chumbo, cobre, mercúrio, prata, selênio, cromo total, zinco, estanho e níquel não poderá passar de 5,0 ml/ L.

 Documento sem título

 ARTIGO 19A – DECRETO 8468/76

 PARÂMETROS

 UNIDADE

 VMP (1)

 pH

 -

 6,0 a 10,0

 Temperatura

 °C

 40

 Materiais Sedimentáveis

 ml/L

 20,0

 Ausência de Óleos e Graxas Visíveis

 mg/L

 150

 Ausência de Solvente, Gasolina ...

 -

 -

 Arsênio

 mg/L

 1,5

 Cádmio

 mg/L

 1,5

 Chumbo

 mg/L

 1,5

 Cianeto

 mg/L

 0,2

 Cobre

 mg/L

 1,5

 Cromo Hexavalente

 mg/L

 1,5

 Cromo Total

 mg/L

 5,0

 Estanho

 mg/L

 4,0

 Fenol

 mg/L

 5,0

 Ferro Solúvel

 mg/L

 15,0

 Fluoreto

 mg/L

 10,0

 Mercúrio

 mg/L

 1,5

 Níquel

 mg/L

 2,0

 Prata

 mg/L

 1,5

 Selênio

 mg/L

 1,5

 Sulfato

 mg/L

 1000

 Sulfeto

 mg/L

 1,0

 Zinco

 mg/L

 5,0

Notas:

(1) Valor máximo permitido.

Obs.: A soma: arsênio, cádmio, chumbo, cobre, cromo hexavalente, cromo total, estanho, mercúrio, níquel, prata, selênio, zinco não poderá passar de 5,0 ml/ L.